SUB TRAMA 1: A inquisição

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

SUB TRAMA 1: A inquisição

Mensagem por Victoria em Seg Jan 26, 2015 7:41 pm


   

   
Tramas


   


   
Recrutamento


A multidão estava alvoroçada. Homens esbravejavam, mulheres tentavam se fazer ouvir aos gritos e os velhos já haviam desistido de tentar se meter nos assuntos dos mais jovens. As crianças corriam pela praça, alheias a qualquer coisa importante que estivesse acontecendo, ou prestes a acontecer.
Um homem bem vestido se posicionou no meio do palanque, chamando a atenção da multidão enquanto guardas da rainha obrigavam os mais exaltados a fazer silêncio. Aquela cerimonia estava acontecendo ao mesmo tempo em todos os cantos da cidade, cada qual com uma autoridade diferente.


O homem decidiu que não era necessário nenhum intróito para o assunto que tinha a tratar com o povo de Londres.

"Estamos sendo massacrados", começou, com uma voz rascante que denunciava a idade avançada.

"Todas as manhãs, tem chegado ao gabinete real dezenas de relatórios policiais das mortes estarrecedoras que ocorrem na calada da noite."

A maioria dos presentes não esboçou nenhum surpresa. Todos sabiam que Londres já enfrentava situação de calamidade pública, e seguidamente temiam que fossem os próximos a morrer.
"Entretanto... O que vocês não sabem... É que estes assassinatos estão além das forças da guarda real"

"Suponho que esteja além das forças de qualquer homem."

Ele parou, grave, pensando não pela primeira vez naquele dia que o que estava prestes a revelar era completamente ridículo. Mas havia evidências, e ele, como chefe da polícia de Londres, não podia mais fechar os olhos para isso.

"Estamos sendo atacados por seres sobrenaturais, talvez até pelo próprio demônio"
Ouviram-se alguns gritinhos do meio da multidão, junto com uma notável agitação, mas o homem não podia parar agora.
"É por isso que estou aqui, em nome de Deus e da Rainha Victória, para pedir a vocês que me ajudem a salvar esta cidade."
"Qualquer homem ou mulher, entre 15 e 45 anos, pode se alistar para o que estamos chamando de a nova era de caça às bruxas...  Ou demônios, se preferirem", a risada que ele deu foi um tanto fria.
"Os formulários estão à minha direita, neste estande ao lado do palco. Qualquer informação adicional vocês terão com o Detetive Chevallier."
"E lembrem-se: esses demônios podem até ter a aparência de pessoas comuns. Vocês serão enganados, ludibriados e até mortos antes que percebam o que eles estão fazendo com a mente de vocês. Por isso, não confiem em ninguém. Qualquer um pode ser o inimigo. Denunciem os suspeitos! Aquele que for pego fazendo algo que envolva arte das trevas será imediatamente mandando para a forca!
E que Deus nos ajude"

Se é que ele ainda se importa com esta cidade, pensou amargamente.



   
Copyright © 2012 McT all rights reserved.


Última edição por Victoria em Dom Maio 31, 2015 3:20 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Victoria
Admin

Mensagens : 47
Data de inscrição : 31/03/2013

Ver perfil do usuário http://powerandcontrol.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SUB TRAMA 1: A inquisição

Mensagem por Victoria em Dom Maio 31, 2015 2:59 pm


   

   
Tramas


   


   
Matem todos!



Era uma manhã nublada, a temperatura estava baixa e um nevoeiro se arrastava pelas ruas de Londres, mas nada disso impediu que uma multidão se encontrasse na praça principal de Londres, o circo havia sido montado ali, onde membros do tribunal se encontravam, todos sérios e olhando para algum ponto distante, a polícia fazia a escolta de um homem, ele parecia ter vinte e poucos anos, cabelos loiros sujos e roupa rasgada, parecia em estado deplorável e gritava com toda a força que restava em seus pulmões.

“Vocês estão errados! Eu sou inocente!” Algumas pessoas próximo ao homem que era arrastado vaiavam, gritavam palavras de escárnio e até mesmo cuspiam. Atrás dele uma mulher também era levada, possuía uma roupa bonita, provavelmente uma empregada. Só contrário do homem, ela não gritava, seu rosto pálido estava molhado pelas lágrimas que caíam.

Haviam se passado três semanas desde o decreto, e hoje era o primeiro dia em que um culpado seria condenado para todos assistirem. Quando ambos estavam no palanque, um homem de idade parou próximo a eles, lendo uma carta assinada pela própria Rainha.

“... Os acusados serão sentenciados a forca por seus crimes cometidos contra a humanidade e a Santa Fé, com suas mortes eles finalmente encontrarão o castigo que merecem ao serem condenados a danação eterna. Vossa Alteza, a Rainha Victoria, não admitirá que nenhuma criatura que se acople com o Diabo viva em nossa terra. ”

Dito isso o homem gritou ainda mais alto, mas ninguém poderia o ajudar. A mulher, no entanto, começou a rir.

Aos poucos a sua risada se tornou em uma gargalhada, fazendo com que todos se calassem, todos chocados com a audácia da mulher, condenada por bruxaria. “Saibam vocês, que o inferno é onde vocês vivem. –” Seus olhos dourados varreram toda a multidão, parando nos inquisidores que a encontraram e a interrogaram. O carrasco ignorou as ameaças e empurrou a mulher de frente a forca, passando a corda em seu pescoço. “Vocês vão pagar por isso, vão sofrer quando meu Mestre... ”A corda foi apertada e a mulher parou de falar, o homem então, voltou a gritar e depois de alguns minutos, a corda subiu, enforcando os dois culpados.

A multidão gritou quando os grunhidos dos malfeitores começaram, para enfim cessarem para sempre.

Estavam mortos.

O inquisidor tomou frente a multidão e falou em um tom claro. ”Todos que estiverem acobertando, protegendo ou escondendo alguma  das criaturas que são procuradas, será condenado por traição, portanto se souberem de algum caso suspeito, entregue essa informação as autoridades.” O que o homem queria era um mapa de toda aquela cidade, saber onde eles se escondiam, sabia que eles ainda estavam lá, as criaturas, só que agora eles sabiam se esconder. Esperavam que esse provocamento tivesse alguma reação, um sinal claro de que eles não iriam descansar até que todos monstros daquela cidade tivessem sido exterminados.  

Se é que Ele ainda se importa com esta cidade, pensou amargamente.



   
Copyright © 2012 McT all rights reserved.
[/quote]
avatar
Victoria
Admin

Mensagens : 47
Data de inscrição : 31/03/2013

Ver perfil do usuário http://powerandcontrol.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum